sexta-feira, 26 de agosto de 2016

#Speak, GIRL! Desculpem...




Não me culpem, de facto, se me prepusessem uma lavagem cerebral sobre o meu 03ºCiclo (07º,08º e 09º ano), que mesmo ainda não acabado, eu aceitaria sem mais nem menos.

Eu não sabia o quão horrível seria o meu 03ºCiclo, desculpem as palavras, mas teve vezes neste 07º e 08º ano que me apeteceu matar toda a gente. Nunca fui tão humilhada como nestes anos. Não directamente, mas eu sentia-me humilhada.

O quanto me sentia uma criança indefesa, o meu desejo insaciável de voltar às férias ou fins-de-semana, de me fechar em casa, não querer encontrar quase ninguém daquela turma, escrever um texto com os defeitos de cada um. De os humilhar tanto quanto eu me sentia humilhada e impotente face aos estudos. De quanto eu morria de medo de dormir sozinha, por eles, por me sentir um nada. Quantas vezes quis chorar e recorrer a um abraço. Tinha tantas saudades das minhas verdadeiras amigas, de como tudo era antes.

Acreditem ou não, enquanto escrevo isto, as lágrimas teimam em quase sair e rolar. Sentia-me tão inútil e não bonita, por nunca me dirigir uma palavra, excepto alguns que eram divertidos e me faziam rir, e a maioria que me falava se para mais o assunto fosse teste.

Senti uma enorme vontade de descarregar em algo, em mim, fiz o meu primeiro corte depois de 01 ano sem qualquer corte. Sinto-me mal por ser assim, por me esconder. Por viver uma vida dupla.

Desculpem…

domingo, 7 de agosto de 2016

Do You Remember?




I never told you, but I’ve been feeling something
Something is wrong, really wrong between us
I was always sorry about your huge mistakes
But now I can see clearly
Sometimes I feel like a buleshit
Oh

Behind these walls is someone alone
Someone who you left behind your back
And now when all is over
I can hear you screaming
Behind these walls is someone always
Do you remember?

I could be more patient if you was too
The things work like that
You are wrong, I’m wrong for love you
But is always someone after you
Do you remember?

I am closer when I am far away from you
I scratch my voice while I was telling you
But your attention is a shit
So good bye, my lover
It’s time

Behind these walls is someone alone
Someone who you left behind your back
And now when all is over
I can hear you screaming
Behind these walls is someone always
Do you remember?

I could be more patient if you was too
The things work like that
You are wrong, I’m wrong for love you
But is always someone after you
Do you remember?

sexta-feira, 1 de julho de 2016

No More!




Tem sido uma desilusão constante
Faça me medo
Sim! Eu ouvi isso
Estou pronta para colocar a minha água sobre o seu fogo
Quero ver como se vai safar depois que se der contar
Quando se der conta que vais estar sozinho
Estou farta de ser uma saída fácil
Agora quero ser o que sempre desejei ser
Um obstáculo por o qual não vale a pena passar por

Não mais!
Não mais!
Sem mais grupos, sem mais ajudas e sem mais sorrisos
Agora eu vou ser a ovelha negra
Preparados para verem o que realmente sinto?
Porque eu realmente sei o quão rancorosa a minha alma está
Tão negra e pesada que quase pode abafar

Agora é fogo contra água
Não mais!
Estou farta de ser apunhalada, com sorrisos falsos
Estou farta de que falem e de me calar
Agora é a minha vez de falar, calem a merda das vossas bocas
Estou farta de que cuidem da minha vida
Coloquem o vosso espírito pobre e o vosso pouco cérebro em cima
Rezem como se não houvesse mais amanhã
Porque estou farta, tão farta
Agora é assim
Parabéns a vocês!
Vocês conseguiram

Não mais!
Não mais!
Sem mais grupos, sem mais ajudas e sem mais sorrisos
Agora eu vou ser a ovelha negra
Preparados para verem o que realmente sinto?
Porque eu realmente sei o quão rancorosa a minha alma está
Tão negra e pesada que quase pode abafar

Espero ter ajudado quando as coisas não pareciam tão importantes
Que os jogos comecem!
Estou pronta para que recorram a mim como se recorre a água
É melhor deixar fluir
Sentar-me e ver o circo pegar fogo
A minha alma está doente de rancor, estou a cuidar dela
Na próxima que me recorram, perguntem-se:
“Eu já a ajudei em algo? Eu sou um amigo dela? De verdade? Ou apenas um interesseiro?”
Eu costumava baixar a cabeça e dar as respostas como uma cadela sem dono

Preparem-se! Isto vai doer!
A mim não! A mim não! Que se foda!
Não mais!
Não mais!
Sem mais grupos, sem mais ajudas e sem mais sorrisos
Agora eu vou ser a ovelha negra
Preparados para verem o que realmente sinto?
Porque eu realmente sei o quão rancorosa a minha alma está
Tão negra e pesada que quase pode abafar
Não mais!



Hey, meninas! Tudo bem?
Andei um pouco desaparecida, não?
Pretendo publicar amanhã, um outro texto. Quero-me dedicar a este espacinho de novo <3 

segunda-feira, 25 de abril de 2016

#Speak, GIRL! Apresento-vos Claire Hampton



E haverá sempre aquele 01% que não será verdadeiro…

            Não sei bem como começar este post, mas tenho sentido a necessidade de deixar de lado os textos na forma de canção e falar para quem quer que leia.

            Desde o início do ano de 2013 que tenho sido alguém muito fraco, auto mutilação, oscilações de peso, bulimia psicológica, uma anorexia inversa, sentimentos de tristeza repentinos ou raiva repentina que passa algum tempo depois e outros sentimentos de tristeza desde o meu sétimo ano.

            Teve momentos em que pensei que se estivesse ocultada da vida seria melhor do que conviver com aquelas pessoas, eu chorava sozinha para não ver a cara daquela gente, tem noites em que simplesmente não consigo dormir. Tal como nesse momento há tristeza em mim.

            Vim a sentir necessidade, de tal como a Beyoncé fez, de criar algo onde me pudesse libertar, um alter-ego. Alguém que é tudo aquilo que gostaria de ser independente, bonita, com autoestima e desinibida ao cantar ou qualquer outra apresentação na escola.


            Apresento-vos Claire Hampton.

terça-feira, 19 de abril de 2016

Your Time Is Up


You should read this text while you listen this song <3

My tears are rolling down my face
Nasty and mean things are jumping inside of my ears
You surprised me, you make me lost my cool, hard thing
Like an avalanche rollin’ my body, you disappointed me
And now I am going to talking

You don’t deserve my tears, my Mac mascara it’s too expensive
There isn’t nothing to cry
I try as you try, well, you said it
I don’t believe in your words anymore
I have been sleeping for a long time
But there is an open door behind you
Bye my lover, my time is up

Young girl meets an older boy
Sometimes it’s a good idea sometimes not
It’s better go ahead, it’s better without ya
Red way, wrong idea
He looks as If he really loves me
Dear your time is up, you’re late

You don’t deserve my tears, my Mac mascara it’s too expensive
There isn’t nothing to cry
I try as you try, well, you said it
I don’t believe in your words
I have been sleeping for a long time
But there is an open door behind you
Bye my lover, my time is up

My cigarettes are out of the box
My ideas are too mean for your innocence
Someone help you, your hands are hanging down
‘Cause you need someone in your life
But the next day you need no one
You’re so wrong

My tears are rolling down my face
Nasty and mean things aren’t jumping inside of my ears
You surprised me, you make me lost my cool, hard thing
It is any more like an avalanche rollin’ my body, you disappointed me

And this was me talking to you

----
First english text!
Guys, do this text remind you any artist?!
© Apenas Uma Garota Estranha - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Claire Hampton.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo