sábado, 8 de julho de 2017

Diferenças Notórias Na Minha Escrita Ao Fim de Quatro Anos



Hey, sweets. Como estão? Como objetivo para este ano, estipulei que escreveria mais vezes no meu cantinho com quase quatro anos, e olhem, parece que estou a conseguir. Não me lembro bem ao certo se, na última postagem, eu referi que iria escrever sobre as minhas mudanças na minha escrita ao fim de quatro anos.
Sabem de onde veio esta ideia? Bem, em abril (+/-) decidi deixar a preguiça de lado e revisar todas as minhas fanfics, as minhas cinco fanfics: duas em andamento, uma em hiatus e duas, também, já acabadas.
Comecei a escrever fanfics por causa de um casal, pelo qual estava VICIADÍSSIMA! Era o casal Jemi, sabem? A fanfic que me despertou a vontade de começar a escrever as minhas próprias histórias foi de uma garota chamada Jamille Dórea (tentei procurar o blog, mas não encontrei). Só que desisti ao fim de um ano e pouco/ dois anos, porque o casal já se tinha separado em 2010 (lembrando que eu comecei a escrever em 2013, sou dessas mesmo, me julgue). A minha primeira fanfic foi escrita no blog Stay Strong. Que vergonha! Eu nunca senti tanta vergonha ao ler e revisar aquela joça, a coragem que tive de ganhar! Já tinha planeado revisar uma ou duas vezes, mas só de me lembrar da tragédia que seria... Enfim, consegui, mas foi traumatizante. A segunda fanfic lá postada está em hiatus até hoje, (que lindo, hãn?) mas tenho pena dessa fanfic. A segunda fanfic foi (uma tentativa de) escrita por mim mais tarde, já era mais "madura", foi planeada mais conscientemente, com um trajeto mais fiél, uma história melhor estruturada. Que me dizem de a trazer para aqui?
A terceira fanfic que escrevi, ainda está em andamento, foi uma Lesbian4Demi, porque bem, é diferente e eu gosto dessas histórias lésbicas, sim! Só está em andamento até hoje, por falta de tempo e animo, mas agora vai, minha gente! Tenho outras ideias para fanfics, também. Se quiserem ler, a fanfic está sediada no Queen Demi Lovato.
A quarta e quinta fanfic está aqui, no Auge, fanfics de originais, que além de terem sido por influência de uma palestra sobre António Lobo Antunes, foi também por esta fanfic de originais maravilhosa ♡ Eu Sempre Serei Sua
A fanfic que mais notei diferenças foi na "Eu Amo Odiar-te", fanfic do blog Stay Strong e, exatamente, a primeira que escrevi em 2013 com onze para doze anos. Traumatizante revisá-la, nada a ver com o que escrevo hoje em dia. Como o meu T.O.C. não perde oportunidade de fazer uma lista, decidi compartilhá-la com vocês  

✓ Começo por pensar no tema geral, como já o fazia, e desenvolvo a história. Gosto de sintetizar o que vai acontecer em cada capítulo (e a música ou frase que vou usar nesse capítulo), como exemplo nesta imagem;

✓ Utilizo sempre o parágrafo certinho quando início um novo parágrafo;

Estabeleci um tipo de letra. Arial no tamanho 12 para o capítulo no geral. Para flashbacks, pensamentos ou telefonemas uso o tipo Times no tamanho 14 a itálico. Algumas frases ou palavras que quero dar enfâse uso itálico, enquanto o negrito é usado para destacar a indicação do tempo ou o nome do capítulo.

✓ No discurso direto, utilizo o nome ou o sobrenome da personagem, não o nome pela qual é chamada pelos outros personagens;

Escrevo capítulos maiores, evitando abreviações ou narrativas curtas e desnecessárias;

✓ Amadurecimento na escrita e estrutura das histórias;

✓ Sem POVs, na grande parte;

✓ Narrador omnisciente como preferência;

✓ Faço a ficha genérica das personagens para que possa fazer a sua apresentação, apresento apenas o necessário ao leitor, os detalhes e pormenores ficam comigo. Sigo como exemplo (quando comecei a usar este "método" utilizava uma ficha genérica do blog Eus2Escrever, mas que já não se encontra disponível no blog, que devo ter num outro PC)este, este e este, por exemplo ;

Nada de "Você", no discurso informal, tudo "Tu", temos que aceitar que sou portuguesa, não brasileira. My bad, sorry!;

✓ Todos os capítulos nos blogs Stay Strong e Queen Demi Lovato tiverem a marca de ✓ estão revisados, corrigidos e atualizados;

✓ Para marcar o tempo e espaço correto da ação utilizo o método de dia, hora, lugar, localização, porém em inglês, ficando day, time a.m./p.m. place, location, claro a negrito. Porquê a inglês? Boa pergunta! Nem eu sei...

Fui tudo, meus amores. Pretendo fazer mais detalhadamente sobre a fanfic "E Se Eu Sentasse Na Cadeira Ao Teu Lado?" e sobre a fanfic "A Better Man", porque são as fanfics deste blog, mas se quiserem, posso fazer sobre as outras. Só farei sobre as outras fanfics se alguém pedir nos comentários, o que me dificulta, já que nenhum dos vinte e oito seguidores comenta, isso acaba por se tornar chato 🙁.

Beijinhos, sweeties 😘

segunda-feira, 26 de junho de 2017

#ClaireIsSpeaking Sente-se e leia com o coração ♡



Hey, como vão?
Nós realmente precisamos conversar, a sério, sem brincadeiras. Já lá vai um tempo desde que me comecei a desleixar deste blog, certo? Demasiado óbvio...
Há coisas que me têm partido internamente, psicologicamente desde 2014. Eu nunca fui o tipo de pessoa que se sentasse e falasse sobre o porquê de estar triste, de chorar. Admito, eu tenho vergonha de chorar, de desabafar os meus sentimentos, simplesmente não dá.
Não faço ideia, mas tudo mudou drasticamente em 2014, tinha 12 para 13 anos, ainda estava a aprender a virar uma "mulher". Não começou tudo apenas aí, mas sim com a mudança de escola em 2012. Passei de 28kg para 40kg, não, eu não tinha qualquer tipo de transtorno alimentar, eu era naturalmente assim. A minha insegurança sobre mim, a minha aparência, só apareceu com 13 anos, onde eu era a diferente, a calada da turma. Provavelmente, aquela de quem eles se divertiam a troçar, aquela que estava totalmente sozinha, que chorava todas as noites antes de adormecer para não ir para a escola, aquela que já não conseguia dormir sozinha.
Nunca tive à vontade comigo mesma, com a minha cara, corpo, sorriso, cabelo (detesto, sem graça), nunca tive um namorado na vida, nem penso que tão cedo terei. Venhamos e convenhamos, todos preferem namoros de Facebook, cheio de ciúmes, traições, machismo. 
Penso que talvez precise de um tempo para mim. Para dedicar a este cantinho, numa maneira de contar coisas sobre mim e encontrar uma maneira de desabafar e escrever mais...
Pretendo trazer temas para além dos dito cujos textos em verso, temas como crise existencial, ser fria, T.O.C., claustrofobia, auto aceitação, depressão, ansiedade, explicação do final e curiosidades sobre "E Se Eu Sentasse Na Cadeira Ao Teu Lado?", explicação da nova fic "A Better Man", sobre as minhas viagens a Salamanca (2016) e a Madrid 2017.  Também os projetos 501 Writing Prompts, Journal Writing Prompts, 365 Creative Writing Prompts, 642 Coisas Sobre As Quais Escrever e 100 Short Story (Or Novel) Writing Prompts. 
Os temas de crise existencial, ser fria, T.O.C., claustrofobia, auto aceitação, depressão e ansiedade integraram o #ClaireIsSpeaking juntamente com alguns factos sobre mim; explicação do final e curiosidades sobre "E Se Eu Sentasse Na Cadeira Ao Teu Lado?"e explicação da nova fic "A Better Man" fará parte da categoria "Fic" e sobre as minhas viagens a Salamanca (2016) e a Madrid 2017 fará parte da categoria "Meeting The World". Preciso dedicar-me mais a mim.
Peço-vos só que, quem for psicologicamente preconceituoso nos temas de ansiedade, depressão, T.O.C. e medos, não comente coisas maldosas, dissimuladas, que prejudiquem, quem sabe, quem escreveu ou quem lerá.
Beijos 

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Nobody

Inspirado em: Lucidious ― Changes ft. Anna

Agora que cá estás
Achas que podes mudar alguma coisa?
Achas que todos te adoram, que te veneram
Mas ninguém olha para ti
Ninguém te ajuda quando estás no fundo do poço
É engraçado

És fria, agora
As tuas mudanças de humor são irritantes
Parece que todos te criticam, porque nunca serão como tu
Pensam que és uma Merda de pessoa
Eles levaram-te a uma espiral de depressão
Queres acabar com tudo mas estás apenas em outubro
Finges um sorriso, mas quando chegas a casa agradeces a Deus

Lembras-te disso?
O que sentes? Uma espiral de dor e agonia
Preferias levar um tiro ou uma injeção a voltar
Ninguém soube
Ninguém sabe
Agora que estás quase livre
Choras e ris ao mesmo tempo
Ninguém sabe como realmente foi
Tens medo e sabes que nunca lá voltarias

O que se passou contigo?
Uma onda de depressão?
Ansiedade?
Crise existencial?
Compulsões alimentares?
Automutilação?
Levou-te a algum lado?
Ninguém te parou, ninguém te irá parar
Está hoje aqui por ti, porque sabias que tudo iria passar
Que tudo ficaria varrido debaixo do tapete
Ninguém te vê

Ninguém

terça-feira, 25 de abril de 2017

#ClaireIsSpeaking Análise do Blog


P.S. Já saiu o quarto capítulo de ABM (A Better Man). Clica aqui

Faz algum tempo que cá não venho, motivo? Nenhum para todas as vezes, só mesmo para no domingo pelo meu crisma. Não sei, mas a minha vontade de fazer algo nos últimos meses piorou, não se preocupem, não é só com o blogue.

Vamos fazer uma breve análise sobre o blogue nestes quase quatro anos:

. Postagens
            . 2013 (Ano de começo do blog) – 62 postagens
                                                                                   . Julho – 04 postagens
                                                                                  . Agosto – 29 postagens
                                                                                  . Setembro – 14 postagens
                                                                                  . Outubro − 08 postagens
                                                                                  . Novembro – 04 postagens
                                                                                  . Dezembro – 03 postagens
           
Okay, já dá para ver como levo a sério os meus compromissos. Começou com 04, vamos dar um desconto já que eu comecei no dia 29 de julho, depois fui com 29 postagens, PUTA QUE PARIU, não sei até hoje como tive estofo para tanto, quem diria?!

. 2014 – 63 postagens
                        . Janeiro – 05 postagens
                        . Fevereiro – 03 postagens
                        . Março – 02 postagens
                        . Abril – 07 postagens
                        . Maio – 08 postagens
                        . Junho – 03 postagens
                        . Julho – 14 postagens
                        . Agosto – 06 postagens
                        . Setembro – 06 postagens
                        . Outubro – 04 postagens
                        . Novembro – 02 postagens
                        . Dezembro – 03 postagens
           
            Desculpem mas, eu tive um colapso ao ver as postagens publicadas. Meu deus! Como é possível?! Em 2014 fiz uma postagem a mais que em 2013, o problema é que em 2013 fiz 62 postagens em 07 meses e em 2014 fiz 63 POSTAGENS EM 12 MESES! 12, DOZE,D-O-Z-E!!!!

. 2015 – 30 postagens
                        . Janeiro – 02 postagens
                        . Fevereiro – 02 postagens
                        . Março – 09 postagens
                        . Abril – 02 postagens
                        . Maio – 02 postagens
                        . Junho – 03 postagens
                        . Julho – 01 postagens
                        . Agosto – 02 postagens
                        . Setembro – 02 postagens
                        . Outubro – 04 postagens
                        . Novembro – 01 postagens
                        . Dezembro – 0 postagens

O ano de 2015 foi a decadência certa, basta ver que nenhum mês teve mais que 09 postagens, inclusive, Dezembro não teve merda NENHUMA!

. 2016 – 07 postagens
                        . Janeiro – 0 postagens
                        . Fevereiro – 01 postagens
                        . Março – 0 postagens
                        . Abril – 03 postagens
                        . Maio – 0 postagens
                        . Junho – 0 postagens
                        . Julho – 01 postagens
                        . Agosto – 02 postagens
                        . Setembro – 0 postagens
                        . Outubro – 0 postagens
                        . Novembro – 0 postagens
                        . Dezembro – 0 postagens
           
            Não aguento, a sério! Eu iria pedir para parar mas, não é? Eu só fiz postagens em 04 meses e que não superaram mais de 03 postagens em cada mês.

. Comentários
            Houve ao todo 509 comentários no total de 162. Ah, isto contando os comentários e as respostas a eles!

. Estatísticas (Gerais)
            . Seguidores − 28
            . Todas as visualizações do blog − 10.308

. Postagens Mais Acessadas
. You Won't Be Alone – 1533 visualizações com 04 comentários
. I Forgot Myself – 87 visualizações com 18 comentários
. Please, Don't Go – 81 visualizações com 06 comentários
. Oh Mama – 75 visualizações com 10 comentários
. You Stay Here – 73 visualizações com 06 comentários
. What's Behind Your Real "I"? – 70 visualizações com 06 comentários
. Darling − 68 visualizações com 12 comentários
. Beautiful Boy − 66 visualizações com 07 comentários
. #Speak, GIRL! − 66 visualizações com 06 comentários
. Respiração Descompassada − 59 visualizações com 02 comentários

. Páginas Mais Acessadas
. E Se Eu Sentasse Na Cadeira Ao Teu Lado? – 329 visualizações com 16 comentários
. Faça o Seu Pedido − 83 visualizações com 04 comentários
. A Better Man – 86 visualizações com 02 comentários
. Fic's Do AUGE − 63 visualizações com 16 comentários
. Blogroll – 24 visualizações
. Textos Disponibilizados – 11 visualizações
. Contacte-me – 08 visualizações

Origens de Tráfego
. URL de referência
You Won’t Be Alone – 1471 visualizações
http://www.vampirestat.com – 74 visualizações
https://www.google.com.br/ – 60 visualizações
http://blogsrating.pw/ – 32 visualizações
Apenas Uma Garota Estranha ­– 29 visualizações
http://www.vampirestat.com/ − 27 visualizações

. Sites de referência
www.google.com.br – 216 visualizações
www.vampirestat.com – 101 visualizações
http://googleweblight.com – 39 visualizações
http://yuukamori.blogspot.com.br – 37 visualizações
www.google.com – 34 visualizações
http://blogsrating.pw – 32 visualizações
http://kawaii-unlike.blogspot.com.br – 32 visualizações

.Pesquisa por palavras-chave
apenasumagarotaestranhablack.blogspot.com – 14 visualizações
apenas uma garota estranha cidalia – 01 visualização
eminem - not afraid single – 01 visualização
respiração descompassada – 01 visualização

Público
. Visualizações de página por país
Portugal – 4406 visualizações
Brasil – 3446 visualizações
Estados Unidos – 921 visualizações
Alemanha – 367 visualizações
França – 197 visualizações
Rússia – 106 visualizações
Ucrânia – 106 visualizações
Israel – 80 visualizações
Polónia – 77 visualizações
China – 66 visualizações

. Visualizações de página por navegador
Chrome – 7423 (72%) visualizações
Firefox – 1190 (11%) visualizações
Mobile Safari – 624 (6%) visualizações
Internet Explorer – 389 (3%) visualizações
Dolfin – 316 (3%) visualizações
Safari – 197 (1%) visualizações
Opera – 36 (<1%) visualizações
UniversalFeedParser – 16 (<1%) visualizações
CriOS – 6 (<1%) visualizações
Chromeframe – 4 (<1%) visualizações

Sinceramente? Sinceramente, eu perdi a pinha do lançamento há algum tempo, desde o meu sétimo ano. Os únicos momentos em que posso realmente desenvolver algum tipo de material é nas férias, por mais que queira não consigo. Aproveito as férias para por o sono em dia, para quem não sabe há muito que adormecer e até mesmo dormir sozinho em tempo escolar é um pesadelo, ter algum tempo para mim e para a minha vida fora das redes sociais.
Pretendo publicar mais três postagens em breve, mas sem querer prometer nada.

Bjinhos, meus amores.

segunda-feira, 10 de abril de 2017

#ClaireIsSpeaking Day By Day




10 de abril de 2017
Lava-te alma nas tuas lágrimas, que tão poucas te pertencem e que tão pouco te lavam. Não és quem desejas e muito menos de quem te orgulhas. Se chorasses de verdades nos momentos que achas necessários, chorarias sangue e libertar-te-ias da dor que te assombra há mais de um ano.
Pareces tão fraca daqui, parece que gostas de estar no chão onde todos te pisam. Qual é a sensação? Parece que morres por dentro, que gritas no silêncio e que choras debaixo de água.
Não prestas, como é que alguém te suportaria? A quem tu darias alento quando ele ou ela precisasse? Essa tua cara estranha, cheia de adolescência, cheia de irregularidades que tu mesma notas. Esse cabelo comprido sem graça, que nem tu sabes qual é a textura dele e a cor tão vulgar como aquelas que todos os dias passam por ti. Esse corpo magro e sem aspeto de gente.
Achas que a tua dor ninguém acalma, estás certa. Já tentas deslizá-la na pele, tentar pensar o que existe para além, queres ser diferente e fazer a diferença. Tentas… Queres ser notada e amada, mas nunca conseguirás.

Lava-te na tua dor.
© Apenas Uma Garota Estranha - 2013. Todos os direitos reservados.
Criado por: Claire Hampton.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo